PUBLICIDADE
Topo

Histórico

De quarentena? Aproveite para ver a Lua e Júpiter "coladinhos" no céu!

Prof. Dulcidio Braz Júnior

01/08/2020 19h09

Lua e Júpiter sobre a serra em São João da Boa Vista, São Paulo, Brasil, em 01/agosto/2020.

 

Em plena pandemia, o melhor e mais sensato programa é ficar em casa. Desta forma você se protege e também garante aos outros a merecida segurança.

Para compensar o isolamento forçado mas tão necessário, aproveitar para olhar para o céu é uma excelente ideia. E dá para fazer isso sem sair de casa, até mesmo pela janela, e com toda a segurança.

Hoje teremos um fenômeno astronômico diferente: ao longo de toda a noite e madrugada, Júpiter estará "flertando" com a Lua (quase) Cheia (96% de iluminação).

As duas imagens deste post, que acabei de fazer daqui da janela do meu apartamento, mostram a cena astronômica peculiar. Usei a minha velha Sony HX 100V que, apesar de bem usadinha, ainda me dá alguns prazeres astrofotográficos. Embora a Lua esteja muito mais perto da Terra do que Júpiter, vistos daqui do nosso planeta, os dois astros estarão praticamente na mesma linha de visada e, portanto, parecendo estar próximos no firmamento. É o que conhecemos em Astronomia como conjunção.

A conjunção Lua e Júpiter, agora com zoom óptico de 30X.

Nesta segunda imagem, logo acima, fiz duas capturas: uma com maior tempo de exposição para registrar  Júpiter, muito menos brilhante que a Lua visto daqui da Terra, e outra com menor tempo de exposição para destacar as nuances do relevo lunar. Juntei os dois cliques no computador.

Ao longo da noite, Júpiter, sempre visualmente perto da Lua, vai mudar a sua posição relativa à ela. Isso ocorre porque cada astro tem o seu movimento próprio. Júpiter move-se ao redor do Sol enquanto a Lua move-se ao redor da Terra que por sua vez também orbita o Sol com velocidade distinta de Júpiter. E os dois astros, Lua e Júpiter, que nasceram do lado leste, vão se por do lado oeste por conta do movimento de rotação da Terra. A composição de todos os movimentos, para nós observadores fixos na Terra, faz toda essa magia da aparente aproximação dos astros, a conjunção, que varia caprichosamente com o tempo.

Vale destacar ainda que Saturno, que como Júpiter aparece no céu como um pontinho brilhante, estará também ali por perto, mas não tão "coladinho" na Lua. Cale a pena tentar observá-lo também, embora menos brilhante que Júpiter, mas mesmo assim bem visível. Veja os três astros (Lua, Júpiter e Saturno na simulação logo abaixo).

Lua, Júpiter e Saturno: simulação das posições aparentes  para hoje, 01/agoosto/2020, com o software Stellarium.

Dentro do espírito da hashtag #astroisolamento, proposta neste post e que criei logo no começo do isolamento social aqui no Brasil por conta da pandemia do novo coronavírus, espie o céu você também! Aproveite o sabadão. Fique em casa. Mas viaje pelo Sistema Solar e, se tiver fôlego, até para fora dele!


Abraço do prof. Dulcidio. E Física (e Astronomia) na veia, com toda a segurança!


Já publicado no Física na veia!

Sobre o autor

Dulcidio Braz Jr é físico pelo IFGW/Unicamp onde atuou como estudante e pesquisador no DEQ – Departamento de Eletrônica Quântica no final dos anos 80. Mas foi só começar a lecionar física para perceber que seu caminho era o da educação. Atualmente, além de professor, é autor de material didático pelo Sistema Anglo de Ensino / Somos Educação e pela Editora Companhia da Escola. É pioneiro no Brasil no ensino de Relatividade, Quântica e Cosmologia para jovens estudantes do final do ensino médio e início do curso superior. E faz questão de dizer que, aqui no blog, é professor/aluno em tempo integral pois, enquanto ensina, também aprende.

Sobre o blog

"O Física na Veia! nasceu em 2004 para provar que a física não é um “bicho papão”. Muita gente adora física. Só que ainda não sabe disso porque trocou o conteúdo pelo medo. Se começar a entender, vai gostar. E concordar: a Física é pop! Pelo seu trabalho de divulgação científica, especialmente em física e astronomia, sempre tentando deixar assuntos árduos mais leves sem jamais perder o rigor conceitual, o Física na Veia! foi eleito por um júri internacional como o melhor weblog do mundo em língua portuguesa 2009/2010 pelo The BOBs – The Best of Blogs da alemã Deutsche Welle."