PUBLICIDADE
Topo

Histórico

Está de quarentena? Aproveite para ver o céu noturno! (II)

Prof. Dulcidio Braz Júnior

05/04/2020 19h52

Registro dos Planetas Marte, Saturno e Júpiter na madrugada de hoje (5/abril/2020) por volta de 2h30min (horário de Brasília)

 

Ontem, neste post, lancei a ideia do "astroisolamento". Já que estamos em quarentena na tentativa de controlar a contaminação pelo coronavírus, uma boa ideia é aproveitar este período para olhar o céu, atitude introspectiva de conexão com a Natureza e o Universo, oportunidade para acalmar-se e refletir sobre a vida e os valores humanos. Por conta de menos trânsito nas cidades, temos menos poluição atmosférica. Desta forma, o céu está mais limpo, o que facilita as observações astronômicas a olho nu.

Comentei que Marte, Saturno e Júpiter estarão visíveis nas madrugadas por estes dias, tentando encorajar a quem quisesse observá-los logo acima do horizonte leste. Na imagem lá do topo você confere o registro fotográfico que fiz da janela do meu apartamento, em segurança, por volta das 2h30min. Não consegue reconhecer quem é quem na foto? Abaixo você confere a mesma imagem, agora legendada.

Registro dos Planetas Marte (M), Saturno (S) e Júpiter (J) na madrugada de hoje (5/abril/2020).

Também convidei os meus leitores a olharem o céu logo acima do horizonte oeste, ao entardecer. Ali, atualmente, podemos observar Vênus que, apesar de ser um planeta, a olho nu é um ponto de aparência estelar e muito brilhante! Fiz, com segurança, e sem contato com outros moradores, o registro de Vênus sobre os prédios do meu condomínio ao cair da tarde de hoje.

Aquele pontinho luminoso sobre o edifício, no centro da imagem, é o planeta Vênus, ao entardecer de hoje (5/abril/2020).

 

Na imagem a seguir, fui "buscar" Vênus com o zoom óptico da câmera. Notem o farol!

Vênus ao entardecer, agora com zoom óptico da câmera.

 

A Lua Crescente também está linda. Espia lá fora! Neste post de ontem, publiquei uma captura da Lua ainda com a luz do dia.

Reforço o meu convite: aproveite o isolamento social horizontal, medida sensata e ancorada na Ciência, para observar o céu por estes dias. Anote aí o que poderemos ver sem muito esforço ou conhecimento prévio sobre o céu:

  • Lua Crescente, até tornar-se Cheia na terça-feira. Depois minguante nos dias subsequentes;
  • Os planetas Marte, Saturno e Júpiter acima do horizonte leste, nas madrugadas, a partir de 1h30min (horário de Brasília);
  • O planeta Vênus ao entardecer, acima do horizonte oeste, compondo o cenário crepuscular.

Se começar a olhar o céu, vai acabar descobrindo outros objetos interessantes. O risco é, como eu, ficar viciado! Mas garanto que é um vício sem nenhum efeito colateral nocivo. Pelo contrário. Olhar o céu só faz bem! Acalma. E nos remete às nossas origens. Afinal, como já disse Carl Sagan, "somos poeira de estrelas"¹.

Cuide-se! Cuide dos seus! Cuide de quem puder! Nos cuidemos todos!

Vamos vencer esta etapa difícil juntos, numa gigantesca colaboração planetária, sempre com o pé fincado na Ciência!

 

Abraço do prof. Dulcidio! Física, sensatez e todo cuidado, na veia!


¹ Esta frase é poética e, nem por isso deixa de ser científica. Átomos mais complexos que compõem o nosso corpo foram forjados no interior de estrelas. Outros, formaram-se em explosões  de supernovas. Não há equívoco, sequer exagero, em dizer que somos poeira de estrelas!

Sobre o autor

Dulcidio Braz Jr é físico pelo IFGW/Unicamp onde atuou como estudante e pesquisador no DEQ – Departamento de Eletrônica Quântica no final dos anos 80. Mas foi só começar a lecionar física para perceber que seu caminho era o da educação. Atualmente, além de professor, é autor de material didático pelo Sistema Anglo de Ensino / Somos Educação e pela Editora Companhia da Escola. É pioneiro no Brasil no ensino de Relatividade, Quântica e Cosmologia para jovens estudantes do final do ensino médio e início do curso superior. E faz questão de dizer que, aqui no blog, é professor/aluno em tempo integral pois, enquanto ensina, também aprende.

Sobre o blog

"O Física na Veia! nasceu em 2004 para provar que a física não é um “bicho papão”. Muita gente adora física. Só que ainda não sabe disso porque trocou o conteúdo pelo medo. Se começar a entender, vai gostar. E concordar: a Física é pop! Pelo seu trabalho de divulgação científica, especialmente em física e astronomia, sempre tentando deixar assuntos árduos mais leves sem jamais perder o rigor conceitual, o Física na Veia! foi eleito por um júri internacional como o melhor weblog do mundo em língua portuguesa 2009/2010 pelo The BOBs – The Best of Blogs da alemã Deutsche Welle."