Topo
Blog Física na Veia

Blog Física na Veia

Mercúrio está cruzando o disco solar neste exato momento!

Prof. Dulcidio Braz Júnior

11/11/2019 10h45

Mercúrio cruzando o disco solar em 8 de novembro de 2006. Imagem capturada pela sonda Hinode. (Crédito da imagem: JAXA/NASA/PPARC)

 

Desde às 9h35min, e por um período de cinco horas e meia, acontece um trânsito de Mercúrio, fenômeno astronômico em que o planeta Mercúrio, do ponto de vista da Terra, cruza o disco solar. Como Mercúrio é muito pequeno, encontrá-lo diante do disco solar ultra brilhante é como procurar uma agulha num palheiro.

Ficou interessado no fenômeno? Antes de tudo, um aviso importantíssimo:

NUNCA OLHE DIRETAMENTE PARA O SOL, SEJA A OLHO NU OU COM INSTRUMENTOS ÓPTICOS.

COM BINÓCULOS, LUNETAS OU TELESCÓPIOS, PIOR AINDA! ALTÍSSIMO RISCO DE QUEIMAR CÉLULAS DA RETINA E FICAR COM CEGUEIRA PERMANENTE!

O SOL EMANA ENORME QUANTIDADE DE RADIAÇÃO ELETROMAGNÉTICA VISÍVEL E NÃO VISÍVEL. COM INSTRUMENTOS ÓPTICOS QUE CONCENTRAM ESTA RADIAÇÃO, A DOSE POSE SER MUITÍSSIMO PERIGOSA.

 

Não quero cortar o seu barato de ver o fenômeno! Muito pelo contrário. Se estou dedicando um post o fenômeno, quero muito que você o veja, mas da forma mais segura possível. Se você é astrônomo, ainda que amador, deve conhecer os macetes para ver o Sol com filtros solares profissionais bastante seguros. Se não é, nem tente ver o fenômeno diretamente. A chance de observação é mínima mas os riscos para a saúde máximos.

Recomendo, portanto, que observe o fenômeno pelas imagens distribuídas em tempo real na web, como a da equipe do Slooh cuja cobertura em tempo real está "embedada" abaixo para facilitar as suas observações.

 

Outros trânsitos de Mercúrio cobertos pelo Física na Veia

Em novembro de 2006, quando o Física na Veia! tinha acabado de completar 2 anos de vida, cobri um trânsito de Mercúrio e, na maior gambiarra, com um filtro caseiro que fiz para a minha câmera digital, consegui uma imagem do minúsculo Mercúrio cruzando o disco lunar. Infelizmente, por conta do UOL que tirou a plataforma original do blog do ar, o post não está mais visível. Depois, com mais tempo, explico melhor essa triste história.

Em maio de 2016 tivemos outro trânsito de Mercúrio. Desta vez, com um filtro profissional e uma câmera melhor, tentei novos registros. Mas o experimento foi frustrado pelo céu nublado. Confira o post (cobertura) que fiz na época.  Nele tem muitas informações técnicas sobre trânsitos de Mercúrio caso queira se aprofundar no tema.

Hoje tenho telescópio, filtro solar e câmera dedicada para a astrofotografia. Mas o céu aqui no interior está parcialmente nublado. E estou lecionando a manhã toda. Quando voltar para casa, o fenômeno já estará chegando ao fim. Uma pena!

 

BOAS OBSERVAÇÕES, DESDE QUE COM SEGURANÇA! 

 

Abraço do prof. Dulcidio! E Física e Astronomia na veia! Sempre!

 

Sobre o autor

Dulcidio Braz Jr é físico pelo IFGW/Unicamp onde atuou como estudante e pesquisador no DEQ – Departamento de Eletrônica Quântica no final dos anos 80. Mas foi só começar a lecionar física para perceber que seu caminho era o da educação. Atualmente, além de professor, é autor de material didático pelo Sistema Anglo de Ensino / Somos Educação e pela Editora Companhia da Escola. É pioneiro no Brasil no ensino de Relatividade, Quântica e Cosmologia para jovens estudantes do final do ensino médio e início do curso superior. E faz questão de dizer que, aqui no blog, é professor/aluno em tempo integral pois, enquanto ensina, também aprende.

Sobre o blog

"O Física na Veia! nasceu em 2004 para provar que a física não é um “bicho papão”. Muita gente adora física. Só que ainda não sabe disso porque trocou o conteúdo pelo medo. Se começar a entender, vai gostar. E concordar: a Física é pop! Pelo seu trabalho de divulgação científica, especialmente em física e astronomia, sempre tentando deixar assuntos árduos mais leves sem jamais perder o rigor conceitual, o Física na Veia! foi eleito por um júri internacional como o melhor weblog do mundo em língua portuguesa 2009/2010 pelo The BOBs – The Best of Blogs da alemã Deutsche Welle."

Blog Física na Veia