PUBLICIDADE
Topo

Que tal um passeio em vídeo pela Lua simulando a missão Apollo 13?

Prof. Dulcidio Braz Júnior

07/03/2020 05h00

"Apollo 13 Views of the Moon in 4K" (crédito: NASA)

 

O vídeo acima foi feito com imagens recentes em resolução 4 K feitas pela sonda LRO – Lunar Reconnaissance Orbiter que, como sugere o nome, orbita a Lua, o nosso satélite natural.

A ideia foi recriar exatamente o que viram os astronautas da missão Apollo 13¹ ao passarem pelo lado oculto² da Lua.

O vídeo, propositalmente acelerado, começa com o por da Terra e o nascer do Sol como vistos pelos astronautas lá da órbita lunar mas separados por poucos segundos.  Na prática, estes eventos estavam separados por cerca de 8 minutos, tempo em que a espaçonave Apollo 13, passando por trás da Lua, ficava sem contato via rádio com o Controle da Missão na Terra. A proximidade da LRO com a Lua, assim como a Apollo13, nos permite ver com nitidez o impressionante relevo do nosso satélite tal como viram os astronautas.

É de tirar o fôlego! E, se você projetar numa televisão grande, em máxima resolução, fica ainda mais incrível. Experimente!

É também da LRO o vídeo abaixo que eu particularmente adoro! Ele foi feito com imagens estáticas para simular uma rotação completa da Lua. Como a Lua gasta o mesmo tempo para completar sua órbita ao redor da Terra e para completar um giro ao redor de si mesma, ela sempre mostra para a Terra a mesma face. Daqui da Terra nunca conseguimos ver a Lua "de costas"! Mas a sonda LRO nos revela como é o lado de lá!

 

Rotating Moon from LRO" (crédito: APOD/NASA)

 

Vale aqui o mesmo conselho para o outro vídeo lá de cima: tente ver numa tela maior, preferencialmente numa TV grande e de alta resolução. A viagem é garantida! 

 

Curtiu? Deixe seus comentários. E boa viagem pelas imagens da LRO!

E, por falar em Lua, na próxima segunda-feira, 9 de março, a Lua Cheia estará passando pelo perigeu, ponto de máxima aproximação do nosso satélite com a Terra. Uma curiosa coincidência astronômica! Quando isso acontece, a Lua Cheia fica com tamanho aparente até 14% maior e 30% mais luminosa. É o que muitos chamam, de forma exagerada, de "Superlua". Vai ter post? Claro! E, quem sabe, astrofotografias numa cobertura em tempo real do nascer da Lua Cheia no perigeu vista sobre a serra da minha querida São João da Boa Vista. Aguarde!

 

Abraço do prof. Dulcidio! E Física na veia!


¹  Vale lembrar que, por problemas técnicos, a Apollo 13 não conseguiu alunissar. Graças a um enorme esforço concentrado dos astronautas em parceria com o controle da missão na Terra, a nave voltou ao planeta com os três tripulantes a salvo. A história épica virou filme em 1995 dirigido por Ron Howard e com Tom Hanks no papel principal.
² O lado oculto da Lua é, por vezes, também chamado de lado afastado. Mas jamais use lado escuro da Lua. Isso é errado. Quando temos Lua Nova, a face da Lua voltada para a Terra não está sendo atingida pelo Sol e, portanto, está escura. Daqui não vemos nada. Mas o lado oculto, ao contrário, está iluminado pelo Sol. Logo, esta outra face do satélite pode ser chamada de oculta, ou se preferir mais afastada da Terra, mas jamais escura uma vez que pode sim estar iluminada.

Sobre o autor

Dulcidio Braz Jr é físico pelo IFGW/Unicamp onde atuou como estudante e pesquisador no DEQ – Departamento de Eletrônica Quântica no final dos anos 80. Mas foi só começar a lecionar física para perceber que seu caminho era o da educação. Atualmente, além de professor, é autor de material didático pelo Sistema Anglo de Ensino / Somos Educação e pela Editora Companhia da Escola. É pioneiro no Brasil no ensino de Relatividade, Quântica e Cosmologia para jovens estudantes do final do ensino médio e início do curso superior. E faz questão de dizer que, aqui no blog, é professor/aluno em tempo integral pois, enquanto ensina, também aprende.

Sobre o blog

"O Física na Veia! nasceu em 2004 para provar que a física não é um “bicho papão”. Muita gente adora física. Só que ainda não sabe disso porque trocou o conteúdo pelo medo. Se começar a entender, vai gostar. E concordar: a Física é pop! Pelo seu trabalho de divulgação científica, especialmente em física e astronomia, sempre tentando deixar assuntos árduos mais leves sem jamais perder o rigor conceitual, o Física na Veia! foi eleito por um júri internacional como o melhor weblog do mundo em língua portuguesa 2009/2010 pelo The BOBs – The Best of Blogs da alemã Deutsche Welle."

Blog Física na Veia