Física na Veia!

Reflexões no Dia do Professor

Prof. Dulcidio Braz Júnior

O único dia do ano que é só nosso! (Fonte)

 

Hoje, Dia do Professor, foi um dia de muita reflexão para mim.

Li no o perfil do Facebook do respeitabilíssimo colega prof. Francisco Caruso, físico, pesquisador e docente do CBPF – Centro Brasileiro de Pesquisas Físicas, RJ, a seguinte reflexão:

 

''Nunca pensei que pudéssemos caminhar para onde estamos indo pela força do voto!''

 

E entendi que a democracia, um bem intangível e tão caro, pode sim ser paradoxal.

Refleti sobre onde errei/erramos como professor(es). Mas a verdade é que a própria educação também tem os seus paradoxos e limites.

Todo dia a gente que é professor levanta cedo para brincar de super herói na utopia de fazer um mundo melhor. Mas temos que reconhecer as nossas próprias limitações bem como a limitação do outro que recebe os nossos ensinamentos.

É da natureza da democracia e da educação, talvez da natureza humana, ser exatamente assim.

Meu caloroso abraço a todos os colegas professores pelo seu/nosso dia, a especial fração 1/365 do ano que é muito (e só) nossa! Todos os outros 364/365 são dos nossos alunos, futuros cidadãos deste país que é gigante e poderoso e ao mesmo tempo tão frágil.

 

 

Abraço do prof. Dulcidio. E Física na veia!