Topo
Blog Física na Veia

Blog Física na Veia

OBA 2018: a maior olimpíada estudantil brasileira aconteceu ontem

Prof. Dulcidio Braz Júnior

19/05/2018 15h36

Enquanto os alunos "ralam", professor aproveita o tempo pra leitura

 

Aconteceu ontem, em todo o território nacional, a 21ª edição da OBA – Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica.

OBAcoordenada por uma comissão formada por membros da SAB – Sociedade Astronômica Brasileira e da AEB – Agência Espacial Brasileira. já é a maior olimpíada estudantil do Brasil. Nas suas vinte primeiras edições contou com a participação de 8 milhões de estudantes. Para 2018 os organizadores estimam o envolvimento de 700 mil estudantes de ensino fundamental e médio de 15000 escolas cadastradas.

Sempre participei com meus alunos das edições anteriores da OBA. E desta vez não foi diferente. Apliquei a prova para os estudantes do ensino médio do colégio Anglo São João, São João da Boa Vista, interior de São Paulo, onde sou professor e coordenador pedagógico.

Todos os professores voluntários, de todos os cantos do país, envolvidos nesta olimpíada, têm agora a tarefa de corrigir as dez questões da prova dos seus alunos e lançar as notas num grande banco de dados para que sejam computadas e então definidas as faixas de medalhas de ouro, prata e bronze. E os cerca de mil alunos do ensino médio do Brasil com melhor desempenho nesta edição da olimpíada serão convidados para um treinamento à distância e novas provas seletivas que vão definir o seleto grupo de estudantes que defenderão o Brasil nas olimpíadas internacionais de Astronomia e Astrofísica de 2019.

A organização do evento já publicou hoje mesmo as resoluções oficiais das provas de todos os níveis que podem ser baixadas em PDF. Ficou curioso sobre a prova e que assuntos de Astronomia e Astronáutica são cobrados? Dá uma espiada!

Boa sorte a todos os estudantes brasileiros que fizeram a OBA 2018. Bom trabalho aos colegas professores voluntários que vão corrigir as provas e lançar as notas no banco de dados do site oficial da olimpíada. E parabéns aos organizadores pelos 21 anos consecutivos de olimpíada. Que venham muitos outros. A educação brasileira, tão carente de boas iniciativas, agradece!

Meus alunos em plena ação na OBA 2018


Já publicado no Física na Veia!

Sobre o autor

Dulcidio Braz Jr é físico pelo IFGW/Unicamp onde atuou como estudante e pesquisador no DEQ – Departamento de Eletrônica Quântica no final dos anos 80. Mas foi só começar a lecionar física para perceber que seu caminho era o da educação. Atualmente, além de professor, é autor de material didático pelo Sistema Anglo de Ensino / Somos Educação e pela Editora Companhia da Escola. É pioneiro no Brasil no ensino de Relatividade, Quântica e Cosmologia para jovens estudantes do final do ensino médio e início do curso superior. E faz questão de dizer que, aqui no blog, é professor/aluno em tempo integral pois, enquanto ensina, também aprende.

Sobre o blog

"O Física na Veia! nasceu em 2004 para provar que a física não é um “bicho papão”. Muita gente adora física. Só que ainda não sabe disso porque trocou o conteúdo pelo medo. Se começar a entender, vai gostar. E concordar: a Física é pop! Pelo seu trabalho de divulgação científica, especialmente em física e astronomia, sempre tentando deixar assuntos árduos mais leves sem jamais perder o rigor conceitual, o Física na Veia! foi eleito por um júri internacional como o melhor weblog do mundo em língua portuguesa 2009/2010 pelo The BOBs – The Best of Blogs da alemã Deutsche Welle."