Topo
Blog Física na Veia

Blog Física na Veia

Pint of Science Brasil 2018

Prof. Dulcidio Braz Júnior

13/05/2018 21h33

Acontece no Brasil, entre 14 e 16 de maio, o Pint of Science. Já ouvi falar deste evento internacional de divulgação científica?

Ele acontece sempre num bar, daí o uso do termo pint¹ que é uma medida típica inglesa de quantidade (ou volume) de cerveja. A ideia é oferecer "doses" ou pints de Ciência para leigos num ambiente descontraído e de uma forma compreensível especialmente para os não iniciados nas diversas áreas do conhecimento. A estratégia é quebrar o gelo e criar aproximação com a Ciência que muitas vezes parece distante e assustadora quando, na prática, deveria ser exatamente o oposto.

A ideia surgiu em 2012 quando dois pesquisadores do Imperial College London, Michael Motskin e Praveen Paul, levaram pessoas com Alzheimer, Parkinson, doenças neuromusculares e esclerose múltipla para conhecer os seus laboratórios científicos e ver de perto o tipo de pesquisa que realizavam. Deu tudo tão certo que o evento saltou da Academia para comunidade e logo em 2013 nascia o Pint of Science.

O evento cresceu e está ganhando o mundo. Em 2018 ele acontece em 21 países. No Brasil o Pint of Science nasceu na USP de São Carlos em 2015. E já se espalhou por todos os cantos. Na versão 2018 o Pint of Science BR acontecerá em 56 cidades de todas as regiões do país.

Para saber mais e descobrir se o evento acontece perto de você, consulte os sites oficiais:
No Brasil: www.pintofscience.com.br.
No mundo: www.pintofscience.com.

Como divulgador científico de plantão 24h por dia, 7 dias por semana, deixo a dica para este evento sensacional que prova de forma experimental que Ciência combina com cerveja e descontração!


1 – No Reino Unido, um pint corresponde a 568 mL. Nos Estados Unidos há dois padrões de volume distintos chamados de pints: 473 mL e 551 mL. Para simplificar, tenha em mente que um pint é aproximadamente meio litro.

Sobre o autor

Dulcidio Braz Jr é físico pelo IFGW/Unicamp onde atuou como estudante e pesquisador no DEQ – Departamento de Eletrônica Quântica no final dos anos 80. Mas foi só começar a lecionar física para perceber que seu caminho era o da educação. Atualmente, além de professor, é autor de material didático pelo Sistema Anglo de Ensino / Somos Educação e pela Editora Companhia da Escola. É pioneiro no Brasil no ensino de Relatividade, Quântica e Cosmologia para jovens estudantes do final do ensino médio e início do curso superior. E faz questão de dizer que, aqui no blog, é professor/aluno em tempo integral pois, enquanto ensina, também aprende.

Sobre o blog

"O Física na Veia! nasceu em 2004 para provar que a física não é um “bicho papão”. Muita gente adora física. Só que ainda não sabe disso porque trocou o conteúdo pelo medo. Se começar a entender, vai gostar. E concordar: a Física é pop! Pelo seu trabalho de divulgação científica, especialmente em física e astronomia, sempre tentando deixar assuntos árduos mais leves sem jamais perder o rigor conceitual, o Física na Veia! foi eleito por um júri internacional como o melhor weblog do mundo em língua portuguesa 2009/2010 pelo The BOBs – The Best of Blogs da alemã Deutsche Welle."

Blog Física na Veia