Topo
Blog Física na Veia

Blog Física na Veia

OBA e OBF 2018: inscrições abertas

Prof. Dulcidio Braz Júnior

12/03/2018 20h27

 

Olimpíadas estudantis são competições saudáveis que sempre incentivam os nossos jovens a estudarem mais e, consequentemente, aprenderem mais.

Sempre motivo meus alunos a participarem de olimpíadas estudantis, especialmente a OBF – Olimpíada Brasileira de Física e a OBA – Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica, olimpíadas nacionais da minha área.

Ambas as olimpíadas estão com inscrições abertas. Vale lembrar que são as escolas, através de professores representantes, que se inscrevem nestas competições. A inscrição dos alunos é mais adiante. Para saber mais detalhes, consulte os respectivos regulamentos disponíveis nos links fornecidos aqui neste post.

Escolas que participaram da  OBA  em 2017 estão automaticamente inscritas e cadastradas para a edição 2018. Mas a OBF exige novo cadastramento e inscrição das escolas a cada nova edição.

A  OBA  acontece em fase única, na própria escola. Em 2018 a prova será aplicada no dia 18/maio, uma sexta-feira. Esta olimpíada funciona como "peneira" para escolher os melhores alunos do Brasil que vão disputar uma vaga para defender o Brasil nas olimpíadas internacionais de astronomia e astrofísica do ano posterior. Vale lembrar que, paralelamente à OBA acontece a MOBFOG – Mostra Brasileira de Foguetes, competição onde os alunos são motivados a projetar e lançar obliquamente foguetes artesanais nos quais a propulsão deve ser apenas água e ar comprimido.

OBF é realizada em três fases, sendo a primeira fase na própria escola, a segunda fase numa sede regional, e a terceira fase numa das inúmeras sedes estaduais espalhadas pelo Brasil, em geral universidades públicas. A primeira fase será aplicada no dia 10/maio, quinta-feira. A segunda fase acontece no começo do segundo semestre, em 18/agosto, sábado. E a finalíssima será no dia 06/outubro, sábado. Esta olimpíada seleciona estudantes brasileiros que vão defender nosso país nas olimpíadas internacionais de física de 2019.

Se você é professor da área de exatas, inscreva a sua escola e convide os seus alunos para participarem da OBF e da OBA. Como sempre digo, ninguém sai de "mãos vazias" de uma olimpíada estudantil. Mesmo quem não ganha medalha, sempre ganha conhecimento, o que é a melhor parte!

 

 

Sobre o autor

Dulcidio Braz Jr é físico pelo IFGW/Unicamp onde atuou como estudante e pesquisador no DEQ – Departamento de Eletrônica Quântica no final dos anos 80. Mas foi só começar a lecionar física para perceber que seu caminho era o da educação. Atualmente, além de professor, é autor de material didático pelo Sistema Anglo de Ensino / Somos Educação e pela Editora Companhia da Escola. É pioneiro no Brasil no ensino de Relatividade, Quântica e Cosmologia para jovens estudantes do final do ensino médio e início do curso superior. E faz questão de dizer que, aqui no blog, é professor/aluno em tempo integral pois, enquanto ensina, também aprende.

Sobre o blog

"O Física na Veia! nasceu em 2004 para provar que a física não é um “bicho papão”. Muita gente adora física. Só que ainda não sabe disso porque trocou o conteúdo pelo medo. Se começar a entender, vai gostar. E concordar: a Física é pop! Pelo seu trabalho de divulgação científica, especialmente em física e astronomia, sempre tentando deixar assuntos árduos mais leves sem jamais perder o rigor conceitual, o Física na Veia! foi eleito por um júri internacional como o melhor weblog do mundo em língua portuguesa 2009/2010 pelo The BOBs – The Best of Blogs da alemã Deutsche Welle."